Guia do Jet Ski para Tirar Partido da Pilotagem

Jet Ski Guide to Turning Piloting

Andar de “jetski” parece simples, mas é importante ter em contas algumas dicas para otimizar a condução e também para garantir a sua segurança e a das outras pessoas. Vejamos algumas sugestões para tirar partido da sua moto de água:

Saiba quando deve pilotar sentado ou de pé

Jet Ski Guide to Turning PilotingConduzir sentado é a posição natural de pilotagem de uma moto de água. Esta é também a melhor posição para descrever as curvas, pois a inclinação do peso do corpo ajuda o “jetski” a curvar, tal como acontece numa moto de estrada. Os pilotos mais experientes começarão, gradualmente e à medida que se sentirem mais confortáveis com as reações da máquina, a colocar-se em pé em determinadas situações, nomeadamente para vencer as ondas maiores.

Tenha atenção aos outros

É necessário ter atenção aos outros, pois a velocidade que se atinge com um “jetski” é superior à de qualquer outro desporto aquático (com a eventual exceção da motonáutica de competição), e o que está longe rapidamente se torna perto. O facto de os “obstáculos” se moverem mais lentamente não impede que não possam interferir com a sua trajetória, numa questão de segundos.

Acostar

O ponto mais crítico de uma viagem ou “voltinha” de “jetski” é o seu fim. As motos de água não têm travões, pelo que é necessário manobrar cuidadosamente para evitar um choque com o cais ou o local de desembarque. A manobra passa, essencialmente, por reduzir a velocidade ao máximo, desacelerando muito antes de se chegar ao ponto de paragem. Idealmente, o motor deve ser desligado momentos antes de o piloto chegar a terra firme. Outro truque usado para desembarcar de um “jetski” é fazer uma volta de 360 graus entre 10 a 15 metros do ponto de acostamento, como um avião que aguarda a indicação da torre de controlo do aeroporto para poder aterrar.